Meu decimo dia

Querida amiga,
Você não imagina como a coisa esquentou no consultório. Se já não estava fácil eu aprender a atender clientes externos, precisei aprender também a atender clientes internos, até chegar uma hora em que não consegui segurar. Dei o maior berro, do tipo “AQUI QUEM MANDA SOU EU!”. Fiz aquilo para que as minhas colegas de trabalho ficassem cientes de eu não estava para brincadeiras. Será que exagerei? Será que o fato de eu estar aprendendo novas responsabilidades estava me deixando orgulhosa? Pode ser. Quando o conhecimento sobe à cabeça a educação cai ao nível dos pés.
*****


-- Um momento...
[EU JÁ DISSE QUE AQUI QUEM MANDA SOU EU! Agora vocês entenderam ou querem que eu desenhe?! Quantas vezes preciso repetir?]
-- Alô! Desculpe a demora...
-- Ei! Que gritaria é essa aí?
-- É que o pessoal anda meio devagar para aceitar esse tal de endomarketing. Se não sou eu para botar essa turma para trabalhar, este consultório vai acabar virando uma bagunça!
-- Você grita com os clientes?
-- De jeito nenhum! Cliente a gente deve tratar de leve, senão o negócio já era...
-- Pois no marketing interno suas colegas também são clientes.
-- Sério?
-- Seríssimo! Sem elas o negócio também já era. Percebeu que as pessoas sempre são importantes, não importa de que lado da mesa elas estejam? Pois então trate de assumir seu papel de líder.
-- Ué?! Mas liderar não é exatamente o que estou fazendo? Tá bom que me excedi um pouco e estava liderando aos berros, mas entendo que liderar é mandar. Ou não?
-- Pode ser em algum lugar, mas não nas empresas modernas. Hoje o líder que consegue melhores resultados é aquele que serve de exemplo para as pessoas que lidera e consegue ser seguido.
-- Como assim?
-- A diferença entre a velha maneira de liderar e a nova é a mesma que existe entre o vaqueiro e o pastor. O primeiro toca o gado. O segundo vai andando na frente do rebanho e as ovelhas o seguem. Percebeu?
-- É... agora percebi. Se não fosse líder eu até pediria desculpas pelos gritos...
-- Ora, só quem é líder de verdade sabe pedir desculpas, admitir seus erros. Faça isto e você ganhará a simpatia, confiança e admiração de seus liderados. Os líderes também erram, assim como os homens também choram, ao contrário do que muita gente pensa.
-- Você chora? Acho lindo homem que chora!
-- Pronto! Lá vem você de novo. Antes que eu resolva chorar, é melhor desligar. Tchau.
-- Tchau.
*****
Foi nesse dia que descobri que ele chorava. Eu tinha certeza de que ele era do tipo que chorava. Fiquei até arrepiada com aquela conversa de liderança! Será que ele não iria querer me liderar? Imagine ter um líder assim! Eu estava ficando caidinha por meu professor -- ou líder, se preferir. Sem saber ele estava conquistando um lugar de liderança em meu coração, e o que era melhor, sem fazer qualquer pressão. Conquistar. Mas não conquistar no sentido de invadir, destruir e escravizar, mas de encantar. Eu estava aprendendo que era esta a palavra-chave de uma boa administração e de um bom atendimento!
*****

Você pode contratar o conteúdo deste blog em forma de palestras, workshops ou treinamentos para eventos ou grupos in company (não disponível individualmente). Visite a página contendo uma descrição do tema em "Qualidade no Atendimento em Consultórios Médicos" ou entre agora mesmo em contato pelo email contato@mariopersona.com.br

0 comentários:

Postar um comentário

TV Barbante

Loading...

As 10+