Meu quarto dia

Querida amiga,
A última conversa com meu misterioso amigo mexeu comigo, e seus e-mails eu leio sempre e sempre para não perder nenhum detalhe. De repente fiquei tão preocupada em ter uma boa aparência e a andar sempre limpinha e cheirosa! Não conte para ninguém, mas eu costumava tomar banho dia sim, dia não. Agora até lavo as mãos com frequência, pois aprendi que estou o dia todo em contato com pessoas com problemas de saúde. Elas podem estar contaminadas com alguma bactéria -- e aí eu vou pegar -- ou debilitadas por alguma enfermidade -- e aí elas vão piorar. Descobri também a importância de uma boa apresentação pessoal para impressionar bem os clientes e valorizar meu trabalho. Mas nem tudo estava perfeito. Eu ainda tinha muito a aprender.
*****

-- Consultório do Doutor...
-- Sou eu novamente.
-- Ah! Que bom que ligou! Fiquei preocupada de perder a aula de hoje -- posso chamar de aula? É que perdi o ônibus e precisei vir “de a pé”.
-- Pode chamar de aula, sem problema. Só não pode é chegar atrasada. Você talvez nunca fique sabendo quantos clientes perdeu por ter chegado atrasada para abrir o consultório, caso eles já tenham ido embora, cansados de esperar. Você nunca saberá, não é mesmo? Agora, quanto a ter ido “de a pé”, aí vejo um problema sério.
-- Eu também vejo, porque quando venho “de a pé”, tenho medo de ser assaltada por alguém “de menor”. Sabe como é, aqueles trombadinhas. Quando venho de ônibus, tenho “menas” preocupação.
-- Ai! Laura! Essa doeu!
-- Xiii... está passando mal outra vez? Corre para cá que o Doutor Perônio resolve isso.
-- Não é a saúde. Doeu de tantos erros de português que você cometeu. Você não vai “de a pé”, você vai “a pé”. E o garoto não é “de menor”, ele é simplesmente “menor”. Só isso. E nem pense em conseguir ter “menas” preocupação. Em qualquer caso, você só pode ter “menos” preocupação. Acho que está precisando aprender a se comunicar melhor.
-- Você acha, hein? Mas como faço isso? Falo igual a todo mundo.
-- Acho que não fala não. Deve estar falando igual a todo mundo que fala errado. Se prestar mais atenção, verá que todos os dias você encontra pessoas que falam corretamente. Procure imitá-las. Ler bons livros e revistas também é uma maneira de aprender a falar corretamente.
-- Nossa! Este curso por telefone está ficando complicado!
-- E vai ficar mais ainda quando você precisar competir com outras profissionais que souberem falar corretamente. Aí elas terão a preferência e você ficará a ver navios. As pessoas estão cada vez mais preocupadas em aprender, por isso os cursos vivem cheios. Mas você pode aprender também lendo e prestando atenção no que lê. Agora se ficar lendo só bobagem...
-- É... as minhas leituras nem sempre são lá essas coisas. Oba! Chegou um cliente! O que eu faço?
-- Ora, faça o que deve fazer. O que você acha que é mais importante agora? Continuarmos nossa conversa ou você atender o cliente?
-- Atender o cliente.
-- Então faça isso. Não vou atrapalhar. Depois eu ligo. Tchau.
-- Tchau.
*****
Menina! Não sei que tipo de feitiço esse professor desconhecido estava jogando para cima de mim, mas quem me conhecia de antes já começava a dizer que eu estava mudando. Assim que desliguei o telefone fui atender a mulher que tinha acabado de chegar.
*****
-- Pois não, senhora, em que posso ajudá-la?
-- Gostaria de marcar uma consulta com o Doutor Perônio
-- Seu nome, por gentileza?
-- Maria do Socorro
-- É a primeira vez que a senhora busca o socorro do Doutor Perônio?
*****
Pois é, não resisti fazer uma gracinha com o nome da dona... Mas eu já havia melhorado bastante, apesar de perceber que ainda tinha muito a melhorar, pois às vezes eu ainda agia por instinto e sem pensar. Eu estava gostando da mudança e me sentia mais feliz; era como se aquele trabalho maçante de atender pessoas tivesse se transformado numa coisa tão importante que eu já não podia me contentar em atender de qualquer maneira. Comecei a ter muita vontade de aprender e aquelas dicas certamente iriam me ajudar a progredir. Não via a hora de receber o e-mail que eu tinha certeza que ele iria enviar com mais dicas de atendimento.

Você pode contratar o conteúdo deste blog em forma de palestras, workshops ou treinamentos para eventos ou grupos in company (não disponível individualmente). Visite a página contendo uma descrição do tema em "Qualidade no Atendimento em Consultórios Médicos" ou entre agora mesmo em contato pelo email contato@mariopersona.com.br

0 comentários:

Postar um comentário

TV Barbante

Loading...

As 10+